18/10/2019

Quem Somos Mídia Kit Fale Conosco

18/10/2019

O Cartório do Jardim São Luís traz boas mudanças

Publicado em 16/01/2017

Presente no bairro Jardim São Luís desde 2 de maio de 2000, o Oficial de Registro Civil de Pessoas Naturais do Distrito Jardim São Luís passou por grandes mudanças recentemente para o melhor aten

 
Presente no bairro Jardim São Luís desde 2 de maio de 2000, o Oficial de Registro Civil de Pessoas Naturais do Distrito Jardim São Luís passou por grandes mudanças recentemente para o melhor atendimento dos cidadãos. E a mudança, que trouxe consigo foi um amplo espaço e comodidade, novo salão e uma fachada elegante, atraindo ainda mais a atenção dos casais que tinham o desejo de se casar no cartório. 
O Cartório possui nos arquivos registros dos cidadãos do bairro, para facilitar a busca todos os arquivos encontram-se disponíveis no site do Cartório. Oferece atendimento ao registro e a 1º certidão de nascimento, assim como a certidão de óbito – ambas são um serviço gratuito. Além de realizar os registros de casamento, também são oferecidos os  de procuração, averbação, autenticação, reconhecimento de firma e requerimento de 2º via de certidões, apenas as que foram registradas previamente no Cartório do Jardim São Luís. Atualmente, o Registro Civil também realiza apostilas com as novas leis e as de documentos para serem levadas ao exterior. 
O antigo Cartório, desde a época de sua inauguração em 02 de maio de 2000, era instalado em um pequeno prédio alugado localizado na Avenida Maria Coelho de Aguiar, 905. Com a ideia de otimizar o espaço para  melhor recepção e atendimento das pessoas que moram no Jardim São Luís, aconteceu a mudança  para um novo ambiente. Em 02 de junho de 2008, o novo prédio do Oficial de Registro Civil de Pessoas Naturais do Distrito Jardim São Luís havia sido inaugurado em seu atual endereço na Estrada de Itapecerica, 305.
Toda a concepção do projeto é mérito da juíza Evanice Calado Rodrigues dos Santos, em suas palavras o Cartório é um prédio que foi “construído para atender as pessoas que residem aqui no Distrito Jardim São Luís e especialmente para os casamentos que merecem um local bonito, bem decorado para as fotografias que vão ficar para sempre nas lembranças, pois casamento é um ato muito importante, é quando os noivos celebram o amor, construindo assim a sua família”. 
O exemplo de que todo o esforço colocado para transformar o prédio do Cartório em um lugar especial e memorável para a celebração do casamento é do casal: Rosângela e Luciano. Os dois contam que planejaram essa data por volta de dois anos e a escolha da realização de um evento tão importante na vida deles foi além da questão da localização. Luciano mora no distrito do Jardim São Luís, foi esse um dos primeiros motivos para que o casal pensasse em realizar a festa neste Cartório. Mas o fator decisivo para que a decisão fosse acertada foi justamente a fachada do local, o casal se encantou com toda a beleza do local.
Quando perguntados se depois da realização da festa estavam contentes com o resultado da comemoração, Rosângela afirma que sim, ficou muito feliz, adorou o evento e que no final toda a preparação, todo o resultado e a realização do casamento foram bem mais do que aquilo que ela esperava. O marido Luciano concorda com as palavras dela, a festa foi realizada como o planejado, todos os convidados foram bem recebidos e acomodados.  As fotos em um ambiente ao ar livre, lugar planejado para o registro de boas fotos, foi além do resultado positivo, o recém-casados não teceu nenhum comentário negativo ou qualquer reclamação acerca do Cartório do Jardim São Luís, só elogios. 
Aos 66 anos, a juíza do Oficial de Registro Civil de Pessoas Naturais do Distrito Jardim São Luís, Evanice dos Santos conta que “exerce” sua profissão desde os 12 anos. Em dezembro de 1962, iniciou a carreira como auxiliar no Cartório de Jardinópolis, em São Paulo. Já aos 18 anos, em 1968, começou como escrevente e a partir desse momento conquistou também espaço para trabalho em todos os setores do Cartório de Jardinópolis.
Em 1988, juíza Evanice se aposenta, no entanto retorna para continuar seu trabalho no mesmo Cartório. Terminou sua Faculdade de Direito apenas em 1990 e só então que foi direcionar seus estudos aos concursos públicos para cartório. A primeira aprovação no concurso público ocorreu no ano de 1994 e recebeu a delegação para o Cartório de Registro Civil e Tabelionato de Tabatinga, em São Paulo.
Há 16 anos em São Paulo, a história da juíza com o Cartório do Jardim São Luís começa em 2000, ano em que continua paralelamente seus estudos. Recebeu a delegação para atuar no Registro Civil de Pessoas Naturais do Distrito Jardim São Luís.
A execução do projeto que era transformar o local do Cartório em um espaço mais amplo e encantador vem ganhando ótimos resultados e atraindo fama positiva para o bairro. A boa localização e o atendimento eficaz são dois fatores que resultam no melhoramento do Cartório. Segunda a juíza Evanice, o ponto principal que tem ganhado muito destaque, e que ela nunca pensou que fosse chamar tanta atenção, é a fachada do prédio, em suas palavras, diz que mais pessoas do distrito têm visitado principalmente por causa da aparência chamativa que agora o prédio do Cartório possui. A nova fachada adquire uma função a mais, a de atrair a atenção dos cidadãos. 
O resultado em números é outro tópico comentado pela juíza Evanice dos Santos. O Oficial 

FECHAR

Publicidade